Montevideo 3º dia: bike, museus e o pôr do sol mais lindo

Reservamos esse dia para conheer a cidade de bike. Pegamos ela às 9h e ficamos pedalando até às 19h. Eu sou um verdadeiro desastre pra andar de bike na cidade. Tenho dificuldade pra atravessar as ruas, desviar dos pedestres e frear quando vem um carro. Algumas vezes preferia descer da bike e ir andando carregando ela, pra evitar ser atropelada. Além de que quando pedalava, estava tão concentrada em não bater em nada ou atropelar alguém que não conseguia olhar para os lados e aproveitar o passeio.

foto 218 (Large)

Claro que o David ficou rindo de mim o tempo todo por conta disso. Fora que as pessoas em Montevideo tem muito medo dos ciclistas. Eles olham assustados, pegam na mão das crianças e desviam, quando na verdade quem tinha mais medo ali era eu.

Nesse dia conhecemos o museu de história da arte, que foi um dos meus preferidos de toda a viagem. Depois paramos para comer o nosso primeiro pancho. Continuamos a pedalar e na metade do dia eu já estava morta, com dor nas pernas e sem ar, e ainda tínhamos que pedalar até a torre da Antel.

foto 135 (Large)

Foto_999_49_1 (Large)

Foto_999_74 (Large)

Chegamos lá e ainda faltavam 2 horas para iniciar o tour pela torre. Deixamos a bike no estacionamento e saímos caminhando pelo bairro a procura de alguma coisa para beber. O bairro onde esta a torre da Antel só tem fábricas, então andamos por kilometros até achar algum comércio que vendesse um copinho de água que fosse. Achamos uma pequena mercearia onde só tinha cerveja quente. Era isso ou nada, então compramos e voltamos pra torre.

outra

Foto_999_163 (Large)

A vista lá de cima é incrível, da pra ver toda a cidade. Depois pegamos a bike e fomos dar uma volta pela rambla no por do sol. Lá podíamos andar tranqüilos, pela calçada larga, sem ter que desviar de pessoas, só olhando para o mar. Coisa mais romântica.

Foto_999_129 (Large)

Foto_999_177 (Large)

Enfim chegamos no hostel e descansamos, afinal ainda tínhamos uma longa noite pela frente. Fomos à um bar na Ciudad Vieja chamado La Diária. Lá conhecemos várias pessoas e descobrimos que eles bebem vinho que vem em uma embalagem parecida com uma caixa de leite. Foi bem engraçado porque chegamos lá e vimos as pessoas com isso na mão e pensamos “por que as pessoas estão bebendo leite?”. O bar até que é legal, tinha uma bandinha tocando, mas nada de extraordinário.

Gasto total do dia para duas pessoas em pesos uruguayos (R$1,00 = $10,30 pesos):
Aluguel da bike: $300,00
Panchos: $165,00
Cerveja: $70,00
Chiclets: $4,00
Doritos: $35,00
Pizza: $265,00
Vinho: $165,00
Taxi ida e volta: $170,00
Bar: $200,00
Total: $1.374,008

You may also like

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *